Sana - 6º Distrito de Macaé/RJ - "O Paraíso das Águas"

Siga-nos     

  Encontre no mapa o que você procura: da Barra até a Cabeceira do Sana

  Previsão do tempo

  Telefones úteis

  
  
  
  
  
  
 
  
 
  
  
  
  
  
  

Na Serra da Macaé, entre os municípios de Nova Friburgo, Casimiro de Abreu e Trajano de Moraes, em altitudes que variam entre 300 e 500m, que lhe confere um clima agradável durante todo o ano, com temperaturas entre 18°C e 24ºC na maior parte do ano e calor bem distribuído o ano inteiro, no inverno, a temperatura varia de 10ºC à 18ºC, está o Sana, 6º Distrito de Macaé, uma APA criada pelo município e bastante avançada no seu processo de gestão, contando com um Conselho Gestor e de legislação própria, que vem adequando-se à realidade do desenvolvimento econômico, habitacional e turístico. Em 2015 o Sana é indicado no ranking da revista Veja Rio em 2015 como um dos lugares imperdíveis para você aproveitar os feriadões no Estado do Rio de Janeiro.     

Estrategicamente situado dentro do mapa do Estado do Rio, o distrito fica próximo do Rio de Janeiro, Niterói, Macaé, Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu e toda a Região dos Lagos, há menos de 2 horas, onde Casimiro de Abreu equivale à principal porta de entrada, distando apenas a 25 km dali, pela estrada Serra Mar (RJ-142), já asfaltada. Veja as principais rotas de acesso ao Sana em nossa página de “mapas”.
Pode-se dizer que o distrito do Sana é dividido em três regiões distintas: Barra do Sana (no encontro do rio Sana com o rio Macaé); Arraial do Sana, onde se encontra a maior parte da população e Cabeceira do Sana (onde nasce o rio Sana, que corta todo o distrito, recebendo em seu curso uma dezena de pequenos e médios afluentes como o córrego Peito de Pombo onde situam-se as Cachoeiras: Sete Quedas, Mãe, Pai e o Escorrega; o Rio Andorinhas, na Cabeceira do Sana, onde se encontra a belíssima Cachoeira das Andorinhas; o córrego São Bento, cheio de lindas piscinas naturais e cachoeiras escondidas; o Córrego da Boa Sorte com sua singela queda d'água de mesmo nome; o Córrego da Glória; e outras nascentes).
Frequentado por pessoas em busca de contato com a natureza e de tranquilidade o Sana é cercado de magia e encantamento, o distrito do Sana tem a melhor infraestrutura da região serrana para o turismo, com um grande número de pequenas pousadas, albergues, hotel fazenda e áreas de campings com capacidade para receber um bom número de visitantes, além de bares e restaurantes.

 
 
 

Roteiros de passeio:

Cachoeiras

Cachoeiras do Sana - Sítio Bambu
A visitação das cachoeiras do córrego do Peito de Pombo pelo sítio Bambu, área de proteção ambiental particular no Sana, foram reorganizadas a partir de janeiro deste ano para garantir a segurança dos visitantes e a preservação ambiental do local.
Trilhas demarcadas, informação ao turista, limite de público, banheiros e monitoramento. O Sítio Bambu tem hoje uma equipe com 22 agentes de turismo e a colaboração da comunidade do Sana. Graças a cobrança do visitante o projeto hoje é auto sustentável e mantém uma equipe de segurança nas cachoeiras para evitar acidentes.
A primeira cachoeira, a do Escorrega fica a cerca de 20 minutos do Arraial e é o local ideal para as crianças curtirem. Depois na entrada do segundo portão do Sítio Bambu você terá acesso ao Poço das Borboletas e da Gruta. Mais acima vêm Mãe, Filho, Pai e Sete Quedas.
É sempre um passeio agradável em meio a mata Atlântica com uma fauna e flora muito ricas em espécies. Horário de Visitação das 8:00 ás 17:00 hs no Escorrega e até as 16:00hs na parte superior onde estão as outras cachoeiras. O valor do ingresso é de R$ 10,00 (dez reais) por todo o dia. Estão isentos os moradores do Sana cadastrados, crianças até 12 anos e idosos. Importante que todos venham vacinados contra a febre amarela.
Sítio Bambu conta com 20 anos de história no Sana preservando as belezas naturais. A partir de maio o Sítio Bambu vai desenvolver um trabalho de educação ambiental para escolas públicas e particulares tendo a água como tema.
Não é permitido:
• acesso de animais domésticos;
• isopores, caixas e similares que sirvam para acondicionar mercadorias e produtos;
• bebidas alcoólicas;
• objetos de vidro;
• aparelhos ou instrumentos de som que promovam ruídos elevados;
• churrasqueiras;
• barracas de acampamento;
• produtos que venham causar riscos de incêndio;
• óleos bronzeadores.

 
 
 
 

Caminhadas

A Pedra do "Peito de Pombo" uma formação é rochosa que vista de certos ângulos assemelha-se a um pombo pousado sobre a pedra, é o ícone ecológico de Sana e quem chega ao cume desfruta de linda vista das montanhas além do litoral de Cabo Frio, Búzios, Macaé e Rio das Ostras - Um visual prá lá de radical! Entre ida e volta são sete horas de caminhada com acompanhamento de condutores credenciados.

 

 

 

 
 
 

Rafting e Canoeing

O Sana é reconhecidamente por suas belas cachoeiras e rios de águas límpidas e frias que são cenários perfeitos para suas aventuras. Que tal descer por uma trilha radical e praticar um rafting incrível nas corredeiras do Rio Macaé. É de tirar o fôlego!!! Uma verdadeira emoção para você, seus amigos e sua família.

 
 
 
 

Sítio Ecológico e o Quilombo do Carukango

Ruínas datadas entre o século XVII-XIX podem ser encontradas em alguns lugares na serra de Macaé. Não possuímos quaisquer informações técnicas sobre estes locais, apenas informações coletadas de moradores e de Jane Marinho e Conceição Franco, que são duas historiadoras que trabalham no Centro Cultural de Macaé.
Visite o sítio ecológico clicando aqui

Poucas pessoas sabem, mas em Macaé existiu um Quilombo quase tão importante quanto ao Quilombo dos Palmares. O Quilombo de Carukango era um desses agrupamentos que ameaçavam a ordem da Colônia. Situava-se na Serra Macaense, mais precisamente num platô localizado na Serra do Deitado, parte da atual Serra da Pedra Branca. Constituindo-se em uma das maiores comunidades quilombolas do Estado do Rio de Janeiro, o quilombo de Carukango desenvolvia diversas atividades agrícolas, além da caça e da pesca. Os quilombolas viviam sobre um único abrigo, em forma de barracão, e resistiram por quase duas décadas.
Quer saber mais? Clique aqui

 
 
 
 

Meio Ambiente
Você está visitando uma APA com animais silvestres, vegetação de Mata Atlântica remanescente e nascentes e por isso alguns passeios no Sana só podem ser feitos com acompanhamento de condutores. Contatos: 22 98812-9087 ou e-mail saessana@hotmail.com (falar com Mauricio) e 22 98815-0910 falar com Serraventur Ecoturismo).
Dinheiro
Sana é um vilarejo muito simples, não há certas facilidades com as quais as pessoas estão acostumadas na cidade grande. Traga dinheiro antes de vir e em notas menores para facilitar o troco. Não há caixa eletrônico nem bancos
24 horas.
Medicamentos
Se você toma algum remédio, melhor trazê-lo, pois só existe uma farmácia pequena no local, mas há um pequeno Posto de Saúde que funciona 24h.
Passeios
Sana é um vilarejo pequeno e dá para conhecer todas as cachoeiras do arraial em apenas um dia. À noite você pode conhecer os bares locais que tocam forró, reggae e MPB. Traga protetor solar e loção contra mosquitos.
Celular
A única operadora de telefonia celular que funciona no local é a Oi, implantada no Sana em 2013.
Internet
Não há muitos lugares com acesso à internet no Sana, mas se você trouxer seu laptop poderá conectá-lo via wifi na maioria das pousadas e campings.

 
     
 
  Parcerias
 
 
 
     
 
© Portal do Sana. All right reserved. Site desenvolvido por: