Sana - 6º Distrito de Macaé/RJ - "O Paraíso das Águas"

Siga-nos     

  Encontre no mapa aonde deseja ficar: da Barra até a Cabeceira do Sana

  Previsão do tempo

  Telefones úteis

   Onde Ficar
  
  
  
  
  
  
 
  
 
  
  
  
  
  
  
   Onde Comer

      

   Informações para o seu Passeio

Na Serra da Macaé, entre os municípios de Nova Friburgo, Casimiro de Abreu e Trajano de Moraes, em altitudes que variam entre 300 e 500m, que lhe confere um clima agradável durante todo o ano, com temperaturas entre 18°C e 24ºC na maior parte do ano e calor bem distribuído o ano inteiro, no inverno, a temperatura varia de 10ºC à 18ºC, está o Sana, 6º Distrito de Macaé, uma APA criada pelo município em 2001, pela Lei Municipal 2172, bastante avançada no seu processo de gestão, contando com um Conselho Gestor e de legislação própria, que vem adequando-se à realidade do desenvolvimento sustentável a partir dos recursos naturais, da preservação e proteção à fauna, à flora e às belezas naturais, como as elevações rochosas e cachoeiras, e ordenar o processo de ocupação. A APA é uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável dos Recursos Ambientais, e engloba toda a extensão do distrito.

Sana é um dos melhores destinos do estado no ranking Veja Rio e segundo publicação da revista o Arraial foi indicado como o quarto melhor destino para se curtir os feriados de 2015 do Estado do Rio. Lugar famoso pelas boas vibrações, pelas noites ao som do forró, do reggae e do samba. Mas também ao som das cachoeiras e da natureza. Depois que o sol nasce, trilhas ecológicas pelo circuito das águas e ainda até o Pico do Peito do Pombo, com 1.400 metros de altitude, são destinos certos.

    

Estrategicamente situado dentro do mapa do Estado do Rio, o distrito fica próximo do Rio de Janeiro, Niterói, Macaé, Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu e toda a Região dos Lagos, há menos de 2 horas, onde Casimiro de Abreu equivale à principal porta de entrada, distando apenas a 25 km dali, pela estrada Serra Mar (RJ-142), já asfaltada. Veja as principais rotas de acesso ao Sana em nossa página de “mapas”.
Pode-se dizer que o distrito do Sana é dividido em três regiões distintas: Barra do Sana (no encontro do rio Sana com o rio Macaé); Arraial do Sana, onde se encontra a maior parte da população e Cabeceira do Sana (onde nasce o rio Sana, que corta todo o distrito, recebendo em seu curso uma dezena de pequenos e médios afluentes como o córrego Peito de Pombo onde situam-se as Cachoeiras: Sete Quedas, Mãe, Pai e o Escorrega; o Rio Andorinhas, na Cabeceira do Sana, onde se encontra a belíssima Cachoeira das Andorinhas; o córrego São Bento, cheio de lindas piscinas naturais e cachoeiras escondidas; o Córrego da Boa Sorte com sua singela queda d'água de mesmo nome; o Córrego da Glória; e outras nascentes).
Frequentado por pessoas em busca de contato com a natureza e de tranquilidade o Sana é cercado de magia e encantamento, o distrito do Sana tem a melhor infraestrutura da região serrana para o turismo, com um grande número de pequenas pousadas, albergues, hotel fazenda e áreas de campings com capacidade para receber um bom número de visitantes, além de bares e restaurantes.

 
 
 

Roteiros de passeio:

Cachoeiras do Vale do Peito de Pombo

A visitação das cachoeiras do córrego do Peito de Pombo pelo sítio Bambu, área de proteção ambiental particular no Sana, foram reorganizadas a partir de janeiro de 2017 para garantir a segurança dos visitantes e a preservação ambiental do local com trilhas demarcadas, visando dar ao turista informação sobre a sua visitação e limitando o acesso no número de pessoas.
A primeira cachoeira, a do Escorrega fica a cerca de 20 minutos do Arraial e é o local ideal para as crianças curtirem. Depois na entrada do segundo portão do Sítio Bambu você terá acesso ao Poço das Borboletas e da Gruta. Mais acima vêm Mãe, Filho, Pai e Sete Quedas.
É sempre um passeio agradável em meio a mata Atlântica com uma fauna e flora muito ricas em espécies e o horário de Visitação é das 8:00 ás 17:00hs no Escorrega e até as 16:00hs na parte superior onde estão as outras cachoeiras. O valor do ingresso cobrado pelo proprietário do Sítio Bambu é de R$ 10,00 (dez reais) por todo o dia, estando isentos os moradores cadastrados que residem no Sana, crianças até 12 anos e idosos. Importante frisar que todos venham vacinados contra a febre amarela.
Não é permitido:
• acesso de animais domésticos;
• isopores, caixas e similares que sirvam para acondicionar mercadorias e produtos;
• bebidas alcoólicas;
• objetos de vidro;
• aparelhos ou instrumentos de som que promovam ruídos elevados;
• churrasqueiras;
• barracas de acampamento;
• produtos que venham causar riscos de incêndio;
• óleos bronzeadores.

Cachoeiras do São Bento

  

Uma surpresa sempre acontece a cada passo em meio a exuberância da Mata Atlântica e você terá a oportunidade de ver belas cachoeiras no alto de São Bento, como a "Roncadeira", queda d'água com mais de 80 metros de altura, em local de difícil acesso.
Todas as cachoeiras neste circuito só podem ser visitadas com acompanhamento de guias e mediante pagamento de taxa de visitação. Na expedição o visitante obterá um visual prá lá de radical e o nosso amigo Zé Geraldo pode conduzi-los também por outras trilhas no Sana, venha para essa aventura. Ligue: 22 98825-6917

 
 
 
 

Caminhadas

A Pedra do "Peito de Pombo" uma formação é rochosa que vista de certos ângulos assemelha-se a um pombo pousado sobre a pedra, é o ícone ecológico de Sana, 6º Distrito de Macaé, e quem chega ao cume desfruta de linda vista em 360° das montanhas da Serra do Mar além do litoral de Cabo Frio, Búzios, Macaé, Rio das Ostras e vilarejos no entorno do Vale - Um visual prá lá de radical!
A trilha exige muito preparo por parte dos participantes e entre ida e volta são sete horas de caminhada com acompanhamento de condutores credenciados.
O arraial tem um clima agradável e estações bem definidas e a melhor época para fazer trilhas no Sana é entre maio e setembro, período de estiagem das chuvas.

 

 

 

 
 
 

Rafting e Canoeing

O Sana é reconhecidamente por suas belas cachoeiras e rios de águas límpidas e frias que são cenários perfeitos para suas aventuras.
Que tal descer por uma trilha radical e praticar um rafting incrível nas corredeiras do Rio Macaé. O cliente é quem decide sobre a intensidade da descida, se a descida será Leve, Média ou Radical.
É de tirar o fôlego!!!
Uma verdadeira emoção para a família, amigos, grupos universitários e empresariais.

 
 
 
 

Sítio Ecológico e o Quilombo do Carukango

Ruínas datadas entre o século XVII-XIX podem ser encontradas em alguns lugares na serra de Macaé. Não possuímos quaisquer informações técnicas sobre estes locais, apenas informações coletadas de moradores e de Jane Marinho e Conceição Franco, que são duas historiadoras que trabalham no Centro Cultural de Macaé.
Visite o sítio ecológico clicando aqui

Poucas pessoas sabem, mas em Macaé existiu um Quilombo quase tão importante quanto ao Quilombo dos Palmares. O Quilombo de Carukango era um desses agrupamentos que ameaçavam a ordem da Colônia. No início do século XIX, quando a cultura da cana-de-açúcar, atrelada ao escravismo, expandia-se pelo norte fluminense e a fuga de escravos da fazenda de um importante proprietário rural da região, deu origem à formação de um dos maiores quilombos que se tem notícia no Estado do Rio de Janeiro. Situava-se na Serra Macaense, mais precisamente num platô localizado na Serra do Deitado, parte da atual Serra da Pedra Branca e era liderado por um príncipe e feiticeiro moçambicano conhecido por Carukango. O quilombo de Carukango desenvolvia diversas atividades agrícolas, além da caça e da pesca. Os quilombolas viviam sobre um único abrigo, em forma de barracão, e resistiram por quase duas décadas até ser destruído e sua população dizimada.
Quer saber mais? Clique aqui

 
 
 
 

Meio Ambiente
Você está visitando uma APA com animais silvestres, vegetação de Mata Atlântica remanescente e nascentes e por isso alguns passeios no Sana só podem ser feitos com acompanhamento de condutores.
Dinheiro
Sana é um vilarejo muito simples, não há certas facilidades com as quais as pessoas estão acostumadas na cidade grande. Traga dinheiro antes de vir e em notas menores para facilitar o troco. Não há caixa eletrônico nem bancos 24 horas.
Medicamentos
Se você toma algum remédio, melhor trazê-lo, pois só existe uma farmácia pequena no local, mas há um pequeno Posto de Saúde que funciona 24h.
Passeios
Sana é um vilarejo pequeno e dá para conhecer todas as cachoeiras do arraial em apenas um dia. À noite você pode conhecer os bares locais que tocam forró, reggae e MPB. Traga protetor solar e loção contra mosquitos.
Celular
A única operadora de telefonia celular que funciona no local é a Oi, implantada no Sana em 2013.
Internet
Não há muitos lugares com acesso à internet no Sana, mas se você trouxer seu laptop poderá conectá-lo via wifi na maioria das pousadas e campings.

 
     
 
   Parcerias
 
 
 
     
 
© Portal do Sana. All right reserved. Site desenvolvido por: