Rafting

O Rio Macaé, que nasce em Nova Friburgo e deságua no Oceano Atlântico, tem águas transparentes e com temperatura agradável.
Suas corredeiras de classe II à V e quedas com grande volume de água são propícias para a prática de rafting, atraindo desde iniciantes até profissionais.

A melhor época para a descida é no verão, quando o volume de água é maior devido às chuvas. Há também a possibilidade de praticar rapel às margens do rio. Em botes plásticos, tripulado por experientes guias, você poderá descer corredeiras incríveis no Rio Macaé e poder vislumbrar toda a natureza que se descortina pelas encostas da serra entre pedras, serpenteando por entre as curvas do rio, em busca, quem sabe, de mais alguns respingos d'água. A aventura na Barra do Sana é sempre emocionante, principalmente para os marinheiros de primeira viagem. Quem se habilita?

O rafting é a prática de descida em corredeiras em equipe utilizando botes infláveis, equipamentos de segurança. Antes de começar qualquer descida de rafting comercial, um instrutor da atividade passa à todos os participantes detalhadas instruções de conduta relativas à segurança. Estas instruções são lembradas pelos instrutores durante momentos estratégicos da descida, e seu cumprimento é fundamental para a segurança de todos. O rafting comercial proporciona a experiência de descer o rio para pessoas de qualquer idade e em sua maioria pessoas que nunca tiveram uma experiência anterior, tornando o esporte acessível.

O rafting é praticado na Barra do Sana, localidade situada entre os municípios de Casimiro de Abreu e Macaé. É também o local do encontro do rio Sana com o rio Macaé. O seu principal acesso é feito pela rodovia RJ-142. Vizinha à Barra do Sana, além de Casimiro de Abreu, estão as vilas de Arraial do Sana e Lumiar, bem como as localidades de São Romão, Cascata, Santa Luzia e Encontro dos Rios. Trata-se de um local de interesse turístico e os níveis da prática do esporte no rio Macaé são:

Nível I: Áreas com pedras muito pequenas, requer poucas manobras.
Nível II: Algumas águas agitadas, talvez algumas rochas, pode exigir manobras.
Nível III: Ondas pequenas, talvez uma pequena queda, mas sem perigo. Pode requerer habilidade de manobra significativa.
Nível IV: Ondas médias, presença de poucas pedras, com quedas consideráveis, manobras mais difíceis podem ser necessárias.

Para entrar nesta aventura você dispõe de dois endereços. Veja a seguir:
1 - SERRAVENTUR ECOTURISMO pelo e-mail serraventur@hotmail.com e pelos telefones 22 98815-0910 e 22 99773-0248.
2 - NATIVA REFTING pelo e-mail gersonunes@hotmail.com e pelo WhatsApp 22 99911-3308.

Os passeios são programados e as reservas devem ser feitas com antecedência.